Fazer uma reeducação alimentar tem lá suas dificuldades. Amália, estudante de arte da faculdade de Maryland, em Baltimore, nos Estados Unidos da América (EUA), decidiu criar pratos saudáveis e, além disso, fotografá-los.

Depois de remover toda a comida processada e industrial de seu cardápio, ela optou por uma alimentação super nutritiva e balanceada. O que a inspira são as cores e a beleza dos alimentos, que permite criar pratos inusitados.

Há cinco anos ela tem hábitos do que ela chama “clean eating” (comida limpa, em tradução literal para o português). Mas só há três meses ela quis compartilhar seus pratos saudáveis. Sua criatividade não tem limites. Para dividir essas ideias todas, ela fez a conta “The Wholesome Bowl”, no Instagram.

food1

food2

food3

Fotos: Reprodução


Cada estação do ano surge novas modalidades de esporte. A maioria delas envolve mar, praia e natureza. Com esse calor, então, nada melhor do que viver ao ar livre!

Os mais aventureiros sempre procuram maneiras inusitadas de se divertir e aproveitar o tempo livre das férias. A nova sensação é o hydrospeeding, que é praticado nas geleiras.

O esportista desliza em cima de uma prancha parecida com aquelas de bodyboard. O nível de aventura é no máximo! Claude-Alain Gailland e Gilles Janin embarcaram nessa e percorreram sete quilômetros da geleira de Aletsch, na Suíça. Veja só a aventura:

geloblog3

geloblog

geloblog2

Fotos: David Carlier / Caters News


A primeira ideia de praia que vem à cabeça é um infinito de mar e areia. Mas em alguns lugares do mundo não é bem essa a praia imaginada. Existem praias feitas de conchas do mar, vidros quebrados e aquelas pedrinhas brancas.

Nos EUA, por exemplo, a Schoolhouse Beach é feita com essas pedrinhas em toda a extensão da praia. Na Jasper Beach, ainda nos EUA, existem pilhas e pilhas de pedras, que quanto mais longe do mar maiores elas são. As pedras são em tom vermelho escuro, quase marrom.

Pepple Beach, na cidade de Nice, na França, tem pedrinhas em tons de cinza. Assim como a Black Pebble Beach, nos EUA.

Filipinas, Inglaterra e Nova Zelândia são outros países com praias cheias de pedrinhas. Veja as fotos:

jasperbeach

Jasper Beach, EUA

birdlingsflat

Birdlings Flat, Nova Zelândia

slaptonsands

Slapton Sands, Inglaterra

schoolhousebeach

Schoolhouse Beach, EUA


Por definição do dicionário, uma pessoa nômade é aquela que não tem residência fixa e vive vagando por aí. Em um primeiro olhar pode parecer um alguém que mal se preocupa com a própria existência. Mas é bem o contrário, pois o nômade tem sede de novas experiências. Mas não é bem disso que vivem alguns na Indonésia e Filipinas.

Os nômades marinhos – pessoas que vivem em alto mar e fazem do barco a sua casa – são membros do grupo étnico malaio Bajau. Estes retornam para as aldeias em determinadas ocasiões familiares e comemorativas. Outros vivem em casas de madeira e bungalows, entre as Filipinas e a Indonésia.

No entanto, nem tudo é um “mar de rosas”, porque o governo da Indonésia cria ações para recolocá-los em terra firme. Mas os nômades são resistentes e optam por ganhar a vida ao mar. A caça, realizada para ser comercializada na China, prejudica o meio ambiente. Buscar peixes vivos, pérolas e pepinos do mar sem equipamentos são atividades insubordinadas e ilegais.

Além de ser perigosa, a prática dessa pesca “livre” causa surdez precoce e sangramento de nariz e ouvidos nos mergulhadores, que chegam a nadar 30 metros de profundidade em busca do sustento.

bajaublog2

bajaublog

bajaublog3

Fotos: James Morgan


Os apaixonados por aventura adoram uma trilha, montanhas, rafting, paraquedas e outros esportes que envolvem muita adrenalina. Mas praticar com segurança é muito importante para tocar os pés no chão, são e salvo.

No entanto, Kevin Jorgeson e Tommy Caldwell decidiram arriscar um pouco mais e ir além. O Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, é o desafio da dupla. Encarar o monólito de granito El Capitan, de três mil metros de altura e sem equipamentos é uma batalha.

Considerada a subida mais longa e perigosa do mundo, o caminho “Dawn Wall” fica mais complicado sem a utilização de equipamentos de segurança. O que eles precisam mesmo é de coragem. A escalada é livre e realizada apenas com o auxílio de cordas. Quem vai encarar uma subida dessa?

climbblog4

climbblog

climbblog2

climbblog3

Fotos: Corey Rich www.auroraphotos.com


Piscinas termais são abundantes no sul da Groelândia. Mas a ilha de Uunartoq é o lugar onde essas piscinas têm as águas mais quentes para banho. A diferença da Uunartoq é sua localização em meio à floresta.

Em volta da ilha existe um grande número de piscinas cheias de água quente e fervente em toda a sua superfície até sua parte mais baixa. As temperaturas ficam entre 34 e 38 graus, mesmo durante o inverno.

Uunartoq é conhecida desde a era Viking, quando eram criados spas naturais.

hotspring1

hotspring2

hotspring3

hotsrping3

Fotos: greenland.com


Todo adulto de hoje já foi uma criança ontem e brincou de LEGO. No entanto, ainda hoje a empresa LEGO cria séries para esses entusiastas dessa grande brincadeira.

Thomas Poulsom, um adorador de pássaros desenvolveu uma série das espécies dos pássaros, entre eles o gaio-azul, robin e beija-flor.

bird1

bird2

bird3

Fotos: Divulgação


Tim van de Weerd, designer alemão, criou dois vasos de aço com pernas semelhantes a raízes de plantas.

Para ele, a intenção foi desenhar um vaso que fosse a extensão da planta em si e não um objeto separado, “cortando a planta fora”. Assim parece que a planta sai literalmente de dentro do vaso, sendo uma extensão dele.

vasoplanta4

vasoplanta2

vasoplanta3

Fotos: Divulgação


O ditado bem diz que “a noite é uma criança”, por isso brincar ao cair da noite tem lá seus prazeres. Na maioria das vezes, ao lado de fora da casa. Exemplo disso é a instalação feita em Boston, nos Estados Unidos da América (EUA), que chamou a atenção de todos por seus balanços iluminados.

Dependendo do movimento da pessoa, o brinquedo muda de cor: quando estão parados ficam brancos, em movimento ficam lilás. O Swing Time é um projeto da empresa Höweler + Yoon Architecture para tornar a noite um momento mais lúdico.

balanço

balanço1

balanço3

balanço4

Fotos: John Horner Photography


Reciclar os produtos consumidos diariamente nem sempre é possível. Alguns materiais não se decompõe na natureza em um curto ou longo período de tempo. Pensando em economizar e colaborar com uma natureza mais simples eis que surge a escova de dente biodegradável.

É isso mesmo! Você precisa apenas trocar as cerdas. A escova Goodwell custa U$ 49,99, aproximadamente R$ 130,00. Legal, né? Escovar os dentes agora também pode ser sustentável.

escova1

escova2

escova3

escova4

Fotos: Divulgação


12345...102030...